sábado, 1 de janeiro de 2011

Sobre o ato

Escrevo para regurgitar, cuspir, vomitar tudo o que causa um reboliço aqui por dentro. Bem, essas não são palavras bonitas a olho nu. Mas é que o açúcar aqui em casa acabou. É sempre assim, às vezes ele me aparece na medida aceitável, às vezes simplesmente não me aparece, e às vezes ele vem em excesso. Faz-se tão doce que me causa ânsia, e aí você já sabe... De uma forma ou de outra ele me leva ao vômito.

7 comentários:

O Leão da Montanha disse...

O jeito que você é bem legal. Escrever é algo inexplicável e que de alguma forma nos tira um peso e nos coloca na mais alta nuvem da capacidade humana e em estado de espírito. Escrever é colocar para fora todo o sofrimento e solidão de uma alma que procura alguém para ser compreendida. Ótimo blog.

Feliz 2011!


Beijos e fique com Deus

Rodolpho Padovani disse...

Escrever é por para fora tudo aquilo que coça por dentro, seja doce ou amargo. E a escrita faz bem.
Gostei daqui, moça, passarei mais vezes.

Bjs e um feliz 2011 =)

Maiara :) disse...

É, o verbo tem muitos significados...

Obrigada, feliz 2011! ;*

E que Ele fique com todos nós.

Maiara :) disse...

Obrigada Rodolpho, fico contente :)

Feliz 2011!

Luanderson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luanderson disse...

Eu também fico contente pelo seu trabalho, sem querer virei seu fã (e nem és profissional)
Acabei também virando discipulo, no entanto, em outros mares. Muito sucesso em 2011
Felicidades

Maiara :) disse...

Obrigada, obrigada!

Sucesso pra você também :D